Instituição de ensino:

Universidade de Brasília (UnB)

Programa:

Estudos Comparados sobre as Américas (Ceppac)

Autor:

Eliete da Silva Pereira

Titulação:

Mestrado

Ano de defesa:

2007

Link:

 

http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/2361/1/Dissert_Eliete.pdf

Resumo:

 Esta dissertação trata-se de uma pesquisa exploratória sobre a presença indígena ‘brasileira’ no ciberespaço, evocada na imagem dos “ciborgues indígenas”, entendendo por esta expressão, uma nova condição nativa contemporânea atravessada por softwares e hardwares, sistemas informativos e fluxos comunicativos. Com a apropriação das novas tecnologias comunicativas, organizações e sujeitos indígenas inauguram no novo contexto de uma sociabilidade tecnológica, distintas formas de atuação e auto-representação, delineadas pela visibilidade e pela tomada da palavra eletrônica. Elementos estes constituintes de um protagonismo indígena adquirido nas tramas hipertextuais do ciberespaço. Portanto, por meio do mapeamento dos sites indígenas e da reflexão “no diálogo” com os interlocutores, Guarani, Potiguara, Tupinambá, Tumbalalá e Xucuru- Kariri, esta pesquisa buscou repensar as “aberturas e cruzamentos” dos significados da presença indígena no ciberespaço. No intuito de sugerir temas de estudos acerca dos significados da interação nativa com as novas tecnologias comunicativas em contextos digitais.

Orientador:

Cristhian Teófilo da Silva

Palavras-chave:

Ciberespaço; Sites indígenas; Protagonismo indígena; Internet - aspectos sociológicos