Instituição de ensino:

Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Programa:

Ciência Política

Autor:

Juan Guillermo Ferro Medina

Titulação:

Mestrado

Ano de defesa:

2001

Link:

 

http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/zeus/auth.php?back=http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=vtls000214853&go=x&code=x&unit=x

Resumo:

 Nesta dissertação, pretende-se explorar as razões do crescimento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - FARC - desde o ponto de vista organizacional e político. À primeira dimensão, empregou-se um esquema de análise próprio da sociologia das Drganizaçóes poHticas. Essa aproximação permitiu que se analisassem as dinâmicas e componentes organizacionais como a origem, o princípio fundacional, a estrutura organizativa, a composição social, o reclutamento, a formação, os incentivos, as fontes de financiamento e a liderança, entre outros. Na análise política foram considerados aspectos como o tema do conceito de sociedade civil e de população civil, a ideologia marxista -leninista e bolivariana, o conceito e a prática democrática, a relação com os partidos e movimentos afins, o problema urbano, o status de beligerância e a dimensão política - militar. A conclusão mais relevante é que as FARC, como organização, mostram um claro processo de consolidação institucional que explicaria o seu atual crescimento, mas como projeto político apresenta relevantes dificuldades que impõem limites a este mesmo desenvolvimento

Orientador:

Reginaldo Carmello Correa de Moraes

Palavras-chave:

Guerrilhas - America Latina; Guerrilhas - Colombia; Partidos politicos - America Latina