Instituição de ensino:

Universidade de Brasília (UnB)

Programa:

Estudos Comparados sobre as Américas (Ceppac)

Autor:

Ludmilla Maria Mendes Leal Moreira

Titulação:

mestre

Ano de defesa:

2016

Link:

http://repositorio.unb.br/handle/10482/21005

Resumo:

A pesquisa teve o objetivo de compreender se no Brasil existe uma “indústria da migração”, a partir da interação e interdependência do papel do Estado com as atividades das empresas privadas sem fins lucrativos nos estados de SP e DF. Identificando os atores governamentais e as entidades privadas sem fins lucrativos que atuam na migração e desempenham diferentes papéis, a fim de demonstrar a estrutura da migração brasileira. O trabalho expôs a indústria da migração como um negócio, não apenas sinônimo de mobilidade, ou seja, uma mobilidade que não é ingênua, e está mediada também pela questão do lucro por diferentes atores governamentais e empresas privadas em países como os EUA, Ásia, África e em alguns países latino-americanos. Para a realização dessa pesquisa, enquanto método utilizamos uma abordagem qualitativa, na perspectiva exploratório-descritiva, visando fundamentar e expor as características da indústria da migração brasileira entre os atores do Estado e as empresas privadas, com a utilização crítica da metodologia de análise de conteúdo.

Orientador:

Leonardo Cavalcanti da Silva

Palavras-chave:

Negócios; Mobilidade; Entidades