Instituição de ensino:

Universidade de São Paulo (USP)

Programa:

Ciência Política

Autor:

Nadim Mitri Gannoum

Titulação:

Mestrado

Ano de defesa:

2010

Link:

http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8131/tde-18102010-142923/publico/2010_NadimMitriGannoum.pdf

Resumo:

 Esta dissertação analisa, conceitual e metodologicamente, a questão dos ganhos relativos na teoria de Relações Internacionais. A análise passa pelo exame da literatura relevante, e pela apreciação da utilização que essa literatura faz do ferramental de teoria dos jogos. Identifica-se um problema metodológico ligado à escolha das premissas comportamentais dos jogadores. Na tentativa de contribuir para remediar essa lacuna, é elaborado um conceito, chamado de preço da cooperação, para explicar como varia a predileção por ganhos absolutos ou relativos por parte dos estados (jogadores). A análise sugere que a sensibilidade à distribuição de ganhos gerada pela preocupação dos estados com segurança é apenas uma das fontes dessa sensibilidade. De modo que os efeitos do problema dos ganhos relativos sobre a cooperação internacional devem ser pensados e investigados levando-se em conta um conjunto de fatores causadores de problemas de ganhos relativos, com destaque para os conflitos distributivos inerentes às barganhas.

Orientador:

Maria Hermínia Tavares de Almeida

Palavras-chave:

Cooperação internacional; Ganhos relativos; Relações internacionais; Teoria de relações internacionais; Teoria dos jogos