Instituição de ensino:

Universidade de São Paulo (USP)

Programa:

Ciência Política

Autor:

Renato Dardes Barberio

Titulação:

Mestrado

Ano de defesa:

2005

Link:

Não disponível

Resumo:

O objeto central desta dissertação consiste em demonstrar que a instabilidade democrática atribuída à América Latina pode ser explicada por suas condições econômicas pouco propícias. A análise estatística das derrocadas democráticas, ocorridas entre 1951 e 1990, é utilizada para dar sustentação a esta hipótese, bem como para mostrar que os argumentos geralmente encontrados na literatura, para explicar esta instabilidade, não têm evidência empírica.

Orientador:

Fernando Limongi

Palavras-chave:

Instabilidade democrática; América Latina