Instituição de ensino:

Universidade de Brasília (UnB)

Programa:

Relações Internacionais

Autor:

Maria do Socorro Vieira Braga

Titulação:

Mestrado

Ano de defesa:

1996

Link:

 Não disponível

Resumo:

 O processo de globalizacao da economia, assim como o poder e a competitividade internacional das nacoes, baseia-mse cada vez mais no conhecimento e na informacao veiculadas pelas telecomunicacoes. O sesenvolvimento acelerado das telecomunicaoes no mundo, entretanto, vem exigindo elevados investimentos em P&D, visto tratar-se de area na qual as inovacoes tecnologicas ocorrem com grande e crescente frequencia. Neste cenario, a cooperacao internacional apresenta-se como uma ferramenta de excelencia para o aprimoramento da tecnologia, instalcao de infra-estrutura e desenvolvimento geral das telecomunicacaoes, com custos compartilhados entre cooperantes, mormente quando estes sao menos desenvolvidos. O setor de telecomunicaoes, por sua importancia no contexto politico-economico, tem sido um dos mais solicitados para a formulacao de projetos de cooperacao internacional, sendo que em muitos paises foram criadas organizacoes especificas para coordenar e gerenciar programas e projetos nessa area e, ainda, foi instituida a Uniao Internacional das Telecomunicacoes. No Brasil dispoe-se, nessa area, de um acervo satsifatorio de conhecimentos, de instalcaoes fisicas e de recursos humanos, mesmo se comparado aos paises industrializados, gracas aos esforcos e invetimentos govenamentais e privados coordenados pelo Sistema TELEBRAS. No presente trabalho, analisam-se, em primeiro lugar, os aspectos gerais que embasam e condicional a cooperacao internacional, a seguir discorr-se sobre a politica industrial, de comercio exterior e de ciencia e tecnologia no Brasil, para analisar, finalmente, a cooperacao internacional na area de telecomunicacaoes para o desenvolvimento.

Orientador:

Henrique Altemani de Oliveira

Palavras-chave:

Cooperação internacional; Telecomunicações