Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Publicado: Sexta, 22 de Novembro de 2019, 13h08
  • Última atualização em Sexta, 22 de Novembro de 2019, 14h15

FUNAG apoia seminário sobre história e relações internacionais

O Arquivo Histórico do Itamaraty organizou, no dia 8 de novembro de 2019, o seminário “História e Relações Internacionais: possibilidades e perspectivas”, no Palácio Itamaraty do Rio de Janeiro.

A Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG) apoiou o evento, que reuniu especialistas de instituições brasileiras e estrangeiras para debater temas e questões da área de história e política externa.

A abertura do evento foi realizada pelo chefe do escritório regional do Itamaraty no Rio de Janeiro (ERERIO), embaixador Eduardo Prisco.

A primeira mesa, intitulada "Fontes e historiografia dos estudos sobre política externa", contou com a mediação de Clarice Menezes, professora adjunta na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e as apresentações de Adriano de Freixo, professor do Departamento de Estudos Estratégicos e Relações Internacionais do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense (INEST/UFF); Sátiro Nunes, coordenador de Pesquisa e Apoio do Centro de História e Documentação Diplomática (CHDD/FUNAG); Gabriel Passetti, professor de História das Relações Internacionais (INEST/UFF); Fabiano Cataldo, professor de História do Livro e das Bibliotecas e Políticas de Preservação de Acervos Bibliográficos na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio); e Martina Spohr, coordenadora da Documentação da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Mediada pelo Pedro Campos, professor do Departamento de História (DHist) na UFRRJ, a segunda mesa, "Novas perspectivas sobre a política externa brasileira entre os séculos XIX e XX", teve como palestrantes: Eder da Silva Ribeiro, professor auxiliar no Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro da Universidade Candido Mendes (IUPERJ/UCAM); Daniel Coronato, professor assistente na Universidade Católica de Santos; Monique Sochaczewski Goldfeld, coordenadora do MBA em Relações Internacionais da FGV-Rio; Frederico Ferreira, historiador da seção de Arquivo Histórico do Itamaraty (AHI), Lucas de Mattos Moura Fernandes, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro; e Rogério Farias, pesquisador do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI/FUNAG) .

O evento contou ainda com o discurso de encerramento do diretor do CHDD/FUNAG, embaixador Gelson Fonseca Junior.

Fotos: Ricardo Padue. 

Veja mais fotos do evento no Flickr.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página