Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

 

Teses e Dissertações de 2002

  

O Centro de História e Documentação Diplomática assinala que os conceitos e opiniões expressos nos trabalhos listados a seguir são de exclusiva responsabilidade de seus autores.


Título: O Pan-Americano de JK (um estudo das reações provocadas na América Latina
Autor: André Luiz Duarte
Ano: 2002
Instituição: UERJ
Orientadora: Marilena Ramos Barboza
Resumo: A dissertação analisa a política de JK com relação ao panamericanismo e à América Latina, colocando em debate como o presidente do Brasil tomou a dianteira no sentido de modificar a atitude da administração Eisenhower, que adiava a necessidade de repensar a sua política para a América Latina após o incidente ocorrido com Nixon. Nesse sentido, discute a atitude do presidente brasileiro que, em uma carta dirigida a Eisenhower, propôs o plano denominado 'Operação Pan-americana', que visava revitalizar o sistema Panamericano através de novas medidas de cooperação política e econômica, buscando por fim às reservas que os Estados Unidos tinham com relação à idéia de um plano global para o desenvolvimento latino-americano. Associando a OPA aos objetivos de seu Plano de Metas, JK tentou fazer com que os Estados Unidos financiassem, ainda que para manter a América Latina longe da ameaça soviética, o programa do desenvolvimento brasileiro, processo que aparece discutido no trabalho.

Título: A Política Externa Brasileira e a Questão Angolana: Traços do Pragmatismo Responsável
Ano: 2002
Instituição: UERJ
Orientadora: Miriam Gomes Saraiva

Título: A Árdua Jornada de Iguaçu a Ouro Preto - O Mercosul nos discursos do Governo Brasileiro (1985-1994)
Ano: 2002
Instituição: UERJ
Orientador: Orlando de Barros
Resumo: Este trabalho se propõe a analisar o MERCOSUL, do ponto de vista da ação e das formulações do governo Collor de Mello. Neste governo foi assinado o documento marco do Mercosul, o Tratado de Assunção. As fontes primárias foram os discursos do governo brasileiro nos últimos fóruns internacionais, como nas sessões de abertura da ONU, em reuniões de cúpula regionais e em solenidades nacionais e internacionais. A importância dos discursos políticos concentra-se no fato de que eles são produzidos com o objetivo de persuadir e seduzir os interlocutores, e, através deles o pais envia mensagens ao mundo. Como contraponto aos discursos, consultei jornais e revistas nacionais e internacionais, em especial sul-americanos, para através de suas reportagens verificar a repercussão das falas do governo.

Título: Relações Internacionais entre Brasil e Angola (1808-1840)
Autor: Lucianne Guedes da Luz Martins
Ano: 2002
Instituição: UFRGS

Título: A Presença Brasileira no Uruguai e os Tratados de 1851 de Comércio e Navegação, de Extradição e de Limites
Ano: 2002
Instituição: UFRGS

Título: A política externa brasileira e a questão colonial português na África: 1961-1975
Ano: 2002
Instituição: UFRGS

 

Fim do conteúdo da página